Blog Le Santé, Saúde

Autocuidado com as mamas deve ser frequente

26 de maio de 2020
estetoscópio ao lado de fita rosa formando um laço em representação ao câncer de mama

O autocuidado relacionado as mamas envolve uma série de cuidados que podem preservar a saúde da mulher, podendo evitar também o risco do surgimento do câncer de mama.

O autoexame é um tema bastante comentado todos os anos e não deixa de ser uma forma de autocuidado, uma vez que a mulher estará priorizando sua saúde e cuidando de si mesma. O autoexame é importante para que a mulher esteja familiarizada com o seu corpo e que possa reconhecer pequenas alterações caso ocorram.

Caso a mulher sinta alteração na mama, deve-se entrar em contato com um mastologista para que seja realizado exames e uma investigação profunda para garantir a saúde da mama.

Nos casos de câncer, quanto antes for identificado menos agressivo será o tratamento uma vez que o mesmo estará em estágio inicial.

Atente-se aos sintomas:
  • Surgimento de nódulo/caroço na mama ou axila;
  • Dor no mamilo;
  • Secreção do mamilo, podendo ser sanguinolenta ou não;
  • Inchaço da mama;
  • Retração ou rugosidade da mama, semelhante à casca de laranja;
  • Descamação do mamilo:
  • Úlcera na pele, podendo ter odor desagradável.

O autoexame não substitui de nenhuma forma os exames regulares anuais, sendo essencial o acompanhamento médico e realização da mamografia anualmente. Devemos reforçar que o autoexame também é uma forma de autocuidado das mamas, e é importante que seja realizado durante o ano todo.

A mamografia deve ser realizada por mulheres acima dos 40 anos. Em caso de histórico de câncer de mama na família, a idade de realização da mamografia anual deve ser após os 30 anos.

É importante que a mulher se cuide de forma completa, tanto na ingestão de líquidos, boa alimentação, realização de atividades e busque auxílio profissional em caso de alterações observadas nas mamas.

No Comments

Leave a Reply